Dr. Sircus - Brasil - Dr. Sircus | Brazil

Terapia do Magnésio Transdérmico

Você conhece o Magnésio? Ele é um mineral essencial e está envolvido em 80% das funções do corpo. Magnésio é vida, é alimento, e seu uso trará mais energia e bem estar a você!

Podemos facilmente dizer quando você está deficiente em magnésio e seu corpo não está funcionando corretamente. Como sabemos isso?

  • Se você come alimentos gordurosos, eles reduzem a absorção de Magnésio em seu corpo.
  • Se você come arroz branco, pão branco, açúcar branco, massa branca e / ou sal branco. Se você faz esse tipo de dieta, saiba que é 100% seguro que você é deficiente em magnésio.
  • Se você toma medicamentos, incluindo analgésicos e diuréticos, eles promovem a excreção de magnésio do seu corpo.
  • Se você toma suplementos de cálcio, desequilibra a proporção de magnésio no corpo.
  • Se você consume álcool, drena magnésio do corpo.
  • Se você bebe refrigerantes ácidos, toma café, seu corpo precisará de mais magnésio.
  • Você está estressado? O estresse esgota muito o magnésio do corpo!

A deficiência de magnésio pode afetar todo nosso organismo e sistema emocional. A quantidade de patologias associadas com esta deficiência é assustadora.

A medicina pouco utiliza o mineral da vida

Infelizmente, o paradigma médico convencional ainda não compreendeu a importância do magnésio para a saúde do nosso corpo. Sua deficiência tem amplos efeitos e pode ser responsável por mais doenças do que qualquer outro nutriente. Milhões de pessoas sofrem diariamente com deficiência de magnésio sem saber disso. A deficiênica de Magnésio pode ser detectada a partir de queixas, desconfortos e diversas doenças presentes. Os sintomas comuns de deficiência incluem:

  • tensão e dor muscular, incluindo dor nas costas e dor de cabeça
  • constipação intestinal
  • insônia, ansiedade, nervosismo
  • ataques de pânico, agorafobia,
  • depressão
  • dormência, formigamento e outras sensações anormais nos membros
  • tremores, convulsões
  • tontura, perda de coordenação, confusão mental
  • palpitações, angina
  • aperto no peito ou a sensação peculiar de não conseguir respirar profundamente. Às vezes a pessoa pode suspirar muito.
  • cólicas menstruais, sensibilidade mamária
  • desejo por carboidratos e por chocolate
  • pele seca, unhas fracas

A deficiência de magnésio também aumenta o risco de AVC, anemia, tensão pré-menstrual, câncer, arritmias cardíacas (alteração no ritmo cardíaco normal) e distúrbios estéticos, como acne e celulite.

Protagonismo na saúde e no bem-estar

Apenas dizer que o magnésio é importante na saúde e na medicina é subestimar este riquíssimo mineral, necessário em mais de 300 reações bioquímicas no corpo. Ele é fundamental para uma grande variedade de funções cruciais:

Importante para os ossos, músculos e articulações: o magnésio participa da ativação da vitamina D, que é crucial para garantir a absorção do cálcio pelos ossos. Além disso, controla o metabolismo do cálcio, garantindo que ele se deposite adequadamente nos ossos. Evita a calcificação de articulações, ajudando em situações de dores articulares, artrite e artrose. Deixa os músculos flexíveis e saudáveis, combate a dor muscular.

Fornece bem-estar: o magnésio é essencial para a formação do neurotransmissor serotonina, responsável pelo senso de bem-estar. Por esta mesma razão, ajuda a aliviar ou prevenir o estresse, a ansiedade, e é excelente para tratar e prevenir a depressão. Ajuda no tratamento da insônia e não há nada melhor do que tomar um banho quente de magnésio (ou escalda pés) antes de dormir.

Controla a pressão arterial: o magnésio ajuda a manter a pressão arterial equilibrada, prevenir e combater a hipertensão. Melhora a circulação sanguínea e a oxigenação, além de proporcionar um relaxamento geral.

Melhorar a função pulmonar: a nebulização do magnésio é um tratamento primário para pacientes com infecções pulmonares diversas, para aqueles que sofrem broncoscopia, para asmáticos e qualquer outra doença pulmonar.

Manter batimentos cardíacos e prevenir ataques cardíacos: o magnésio é absolutamente essencial para o bom funcionamento do coração, é benéfico para muitos tipos de arritmias, incluindo fibrilação atrial, contrações ventriculares prematuras, taquicardia ventricular e arritmias ventriculares graves. A suplementação de magnésio também é útil na angina devido a um espasmo da artéria coronária ou aterosclerose.

Para a pele: Ajuda na cicatrização após lesão, diminui edemas, melhora as condições da pele.

Aliado de diabéticos: reverter a resistência à insulina é o primeiro passo para reverter a diabetes. As concentrações baixas de magnésio intracelular estão associadas à resistência à insulina, baixa tolerância à glicose e diminuição da secreção de insulina.

Alivia os sintomas da menopausa: a deficiência de magnésio está associada aos sintomas da menopausa. Isso ocorre porque a deficiência de magnésio altera a ativação da vitamina D associada ao equilíbrio de hormônios como o estrogênio.

São inúmeros os BENEFÍCIOS da Terapia do Magnésio Transdérmico

Existem vários compostos de magnésio, mas o mais recomendado é o CLORETO DE MAGNÉSIO, pois nosso corpo o absorve e utiliza com muito mais facilidade.

A Terapia do Magnésio do Dr. Mark Sircus nos ensina uma nova forma de suplementação, através da pele. O uso transdérmico do cloreto de magnésio é o sistema ideal para suplementar este mineral com benefícios inigualáveis em todo o mundo da medicina.

Usar o magnésio pela pele tem várias vantagens em relação ao seu uso oral:

  • Permite que altos níveis de magnésio cheguem diretamente ao nível celular sem atravessar o sistema digestivo, evita impacto no sistema digestivo e nos rins.
  • O magnésio tem um efeito laxante, de forma que o uso oral é sempre limitado por este fator – a quantidade que você pode ingerir diariamente, sem provocar diarréia, é pequena. Através da pele conseguimos absorver uma quantidade muito maior. Por isso, de acordo com o Dr. Normam Shealey, Ph.D, a suplementação oral leva de 6 a 12 meses (dependendo do quanto a pessoa está deficiente) para restaurar os níveis intracelulares, enquanto o uso pela pele faz essa restauração em cerca de 2 meses ou menos.
  • Quando utilizado pela pele o cloreto de magnésio reage com a gordura corporal aumentando naturalmente os níveis de DHEA, o chamado “hormônio mestre”, cujos níveis baixos estão associados ao processo de envelhecimento. Essa formação do DHEA não acontece com a suplementação oral, pois depende da reação com a gordura corporal.

Use aplicado topicamente na pele para efeito terapêutico e quase instantâneo da dor, inflamação e uma ampla gama de outras funções fisiológicas. Nebulize diretamente nos pulmões. Tome banhos relaxantes ou faca escaldapé. Os benefícios da terapia do magnésio transdérmico são inúmeros:

  • Alivia dores musculares na coluna, bursites, tendinites;
  • Previne e trata artrites e osteoporose, pois faz com que o cálcio se deposite no local correto;
  • Auxilia no tratamento da fibromialgia;
  • Ajuda nos casos de depressão, pois aumenta a energia vital;
  • Atua beneficamente sobre o sistema nervoso;
  • Melhora o sistema imunológico e combate radicais livres;
  • Auxilia no tratamento de cálculos renais;
  • Traz mais disposição e vitalidade para o dia-a-dia.

Contraindicações: Pacientes com deficiências renais devem usar o cloreto de magnésio com acompanhamento médico.

Embora uma pessoa possa demorar meses para corrigir uma deficiência de magnésio, os benefícios da suplementação podem ser notados nos primeiros dias de uso.

O livro A Terapia do Magnésio Transdérmico – Uma Nova Modalidade para a Manutenção da Saúde fornecerá tudo o que você precisa aprender sobre o magnésio para utilizá-lo ao seu favor em prol da sua saúde e da saúde de quem você ama! Se você quer aprender tudo sobre um sistema de cura poderoso projetado pela Natureza, qual é a melhor forma de magnésio e como utilizá-lo também por via oral, então este livro responderá às suas perguntas.

Se deseja aprofundar no assunto, recomendamos a leitura do livro “A Terapia do Magnésio Transdérmico – Uma Nova Modalidade para a Manutenção da Saúde”

Cadastre-se em nossa newsletter e receba o novo livro do Dr. Sircus:
Introdução a Terapia Natural Alopática – 12 Indicadores de Saúde