101 utilidades do Cloreto de Magnésio. - Dr. Sircus | Brazil

 

O Cloreto de Magnésio é bom para … ? Sim, é. O Cloreto de Magnésio é bom para quase todos os problemas de saúde que enfrentamos em nosso dia a dia. Dos problemas mais básicos, como uma simples dor de cabeça a problemas mais crônicos, como câncer, pressão alta ou diabetes.

 

Abaixo estão 101 usos do cloreto de magnésio:

 

  1. Queimaduras de 2º e 3º Graus
  2.  ADD E TDAH
  3. Alcoolismo (e abstinência de álcool)
  4. Alergias
  5. Alzheimer
  6. Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA / Doença de Lou Gehrig)
  7. Arritmia
  8. Artrite
  9. Asma
  10. Bicho geográfico
  11. Transtorno do Espectro do Autismo
  12. Dor nas Costas (Dor Lombar)
  13. Síndrome de Bartter
  14. Micção noturna
  15. Circulação Sanguínea E Edema Encefálico
  16. Bruxismo (Ruptura dos Dentes)
  17. Afta
  18. Calcificação
  19. Retenção de Cálcio
  20. Câncer
  21. Cáries
  22. Doença Celíaca
  23. Desintoxicação Celular
  24. Paralisia Cerebral De Deficiência de Nutrientes Induzida por Quimioterapia
  25. Colesterol
  26. Síndrome de Fadiga Crônica
  27. Conjuntivite
  28. Constipação
  29. Doença da Artéria Coronária
  30. Crohn e Doença Inflamatória Intestinal (DII)
  31. Demência
  32. Produção DHEA
  33. Diabetes (Tipos 1 e 2)
  34. Neuropatia Diabética
  35. Nefropatia Diabética
  36. Retinopatia Diabética
  37. Insulina
  38. Toxicodependência (Retirada)
  39. Níveis de Energia (Baixa Energia)
  40. Epilepsia
  41. Resistência ao Exercício
  42. Fadiga
  43. Fibromialgia
  44. Gerenciamento de estresse
  45. Síndrome de Gitelman
  46. Lesão na Cabeça
  47. Perda auditiva e danos auditivos
  48. Ataque cardíaco (infarto agudo do miocárdio)
  49. Doença cardíaca
  50. Desintoxicação por metais pesados
  51. Pressão alta
  52. Desequilíbrio hormonal
  53. Hipertensão
  54. Infertilidade idiopática
  55. Inflamação e inchaço
  56. Insônia
  57. Inteligência
  58. Eritromelalgia intratável
  59. Pedras renais (oxalato de cálcio)
  60. Cãibras nas pernas
  61. Cirrose hepática
  62. Doença de Lyme
  63. Deficiência de magnésio
  64. Menopausa
  65. Síndrome metabólica
  66. Dores de cabeça com enxaqueca
  67. Prolapso da válvula mitral
  68. Transtornos do Humor
  69. Esclerose Múltipla
  70. Cãibras Musculares (Espasmos Musculares)
  71. Espasmos musculares (Fasciculação)
  72. Nefrite
  73. Neuropatia
  74. Medicamentos que empobrecem os nutrientes (ex. PPIs)
  75. Osteoporose e Densidade Mineral Óssea
  76. Pancreatite
  77. Parkinson
  78. Movimento periódico dos membros durante o sono (PLMS)
  79. Síndrome Pré-Menstrual (SPM)
  80. Gerenciamento da Dor Pós-Operatória
  81. Gravidez
  82. Circulação Fetal
  83. Pulmonar Fetal
  84. Diabetes gestacional
  85. Hipertensão gestacional
  86. Pré-eclâmpsia e eclampsia
  87. Angústia fetal
  88. Baixo peso ao nascer
  89. Trabalho de parto prematuro
  90. Lesão por estresse repetitivo
  91. Síndrome das pernas inquietas
  92. Convulsões
  93. Sepse
  94. Choque
  95. Síndrome da morte súbita infantil
  96. Dermatite
  97. Eczema
  98. Psoríase
  99. Problemas na pele
  100. Marcas de pele – cicatrizes
  101. Treinamento de força

 

Para maiores informações sobre o uso do Magnésio, também conhecido como o mineral da vida, sugerimos a leitura do livro A Terapia do Magnésio Transdérmico.

Comprar